terça-feira, 3 de março de 2015

Os Olhos de Deus

Quando tentei me esconder no mais profundo abismo, Tu estavas lá
Enquanto caminhava Seus olhos me seguiam. Pareciam me vigiar
A impressão de que cada respiração era contada pelo seu rítmo.


Todo momento sentia Sua presença como dois enormes Olhos sobre mim
E  o meu ser passou a temer a sua Santidade, mesmo que não percebesse isso
O tempo às vezes se fazia inexistente e eu já não tinha coragem de me ver no espelho.


Nos dias que eu apenas via o meu ser pecaminoso e sem valor
A Tua Graça encheu meu coração e apagou a vergonha que sentia
E teus Olhos cheios de amor me mostravam a alegria me fazendo persistir no caminho.


Quando me Olhavas contemplava  a Tua grandeza e beleza que me faziam te amar ainda mais
Admirando o Deus do infinito, o grande Criador deste mundo que, mesmo louco é lindo
Eu como um pontinho posso ser guardado pelas Tuas mãos e sempre observado pelos seus Olhares.

Em Uma Única Palavra

Quão maravilhosas são as obras das Tuas mãos Toda a criação te contempla com olhares perplexos Tudo o que existe foi feito apenas pela pa...