Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Fenda da Salvação

Infinitas são Tuas misericórdias para com os que Te amam
Porque quando correm os dias em meio à guerra, És refúgio
E sigo clamando até que transforme águas amargas em doces.

Lá no cume do monte pude contemplar a beleza da Tua criação
E eu tão pó, ser simples sem Ti, desfaleço e assim vejo a Glória
Faz-me inabalável, espírito reto escondida na fenda da Salvação.

Que fujam os céus, sequem os mares diante da Tua Magestade
Com Trono em lugar celestial tens a Terra por estrado dos pés
Com a Palavra fizeste o Verbo que se fez vivo e eu pude te Ver.