domingo, 2 de agosto de 2015

Chama Viva

Eu vi a Eternidade entrar pelas frestas da minha janela
Sua presença levou embora toda a solidão e me preencheu
Com olhos molhados ouvi Sua voz e percebi seus passos.


Contemplando Tua majestade nada mais importa, És único
Meu coração anseia pela Sua volta, deseja o seu amor
Porque nem a peste, nem a guerra me separará da Tua Casa.


Teu altar eu quero ser e como chama viva arder
Porque vem o dia do juízo e o mundo verá Sua volta
E os joelhos que não se dobraram, diante de Ti se dobrarão.

Em Uma Única Palavra

Quão maravilhosas são as obras das Tuas mãos Toda a criação te contempla com olhares perplexos Tudo o que existe foi feito apenas pela pa...