quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Deus de Surpresas

Sua voz é suave como a brisa
e Seu amor jamais termina
misericórdia infinita...

És Deus de surpresas lindas
preparadas todo dia como o sol que brilha.
Atos seriam insuficientes pra Te agradecer
pela oportunidade de cada dia viver.

A tristeza e a angústia já sumiram
e as lágrimas de dor já secaram
fazendo o sorriso voltar aos lábios.

Quando a pressão aparece pra me derrubar
a Tua mão forte se ergue para me salvar
e como um milagre a Tua voz faz tudo novo!




 

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Horizontes da Liberdade

Faz-me novo oh Senhor...
nas Tuas águas cristalinas
levando embora meus pecados
e devolvendo a alegria da vida.

E livra-me os olhos da cegueira,
tira a dureza do meu coração,
limpa a minha língua das palavras malditas.


Queima-me com Tua brasa viva!

O Teu pérdão quebrou minhas correntes,
e o Teu amor me levou à plenitude da Liberdade;
fazendo os meus olhos contemplarem a Eternidade.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Estante do Tempo

Um segundo
sem milésimos,
de fora, um relógio
sem tempo.


Este mundo perverso
está afogado,
e em suas palavras,
está trancado.

Mas o Evangelho, tem gravado nas suas páginas
a Boa Nova da salvação.

Sem Deus,
não via o Céu;
Pelo sangue de Jesus,
bebo do cálice e...
retorno à Graça.
 

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Novo fôlego de VIDA (para agradecer ao Senhor, por mais um ano de vida!)

Passa a ventania e completa-se um ciclo
sob os olhos do Eterno estão meus planos,
e tudo o que sou entrego em Suas mãos.

Meu coração exulta de alegria
porque o Senhor é minha alegria
é toda a razão da minha vida.

Os meus dias sem Tí, eram sempre cinzas
meu céu sem cor, minhas palavras frias,
sobre o futuro não tinha expectativas.

E o fôlego em mim não tinha vida...

Quando homens de alegres lábios falsos,
machucaram o meu coração duramente...
A Tua cura veio abundantemente sobre mim!

Por isso eu Te louvarei eternamente, ó Senhor.
És o meu escudo, minha eterna fortaleza,
meu amor antes de tudo é só Teu.

E o Teu amor antes da fundação do mundo,
já era para sempre meu!



 

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Quem semeia com lágrimas, colhe com alegria! Uma parte do meu testemunho sobre o que Deus fez na minha vida profissional.

Fechou-se um ciclo: dia 01/11 foi o meu último dia como funcionária da Universidade Anhembi Morumbi. Vou começar em um novo tempo, no meu novo emprego na Porto Seguro. Fiquei na Universidade Anhembi Morumbi por quase 5 anos, tive algumas dificuldades, tristezas e muitas alegrias. Enfim foi um tempo muito bem vivido. Deus têm usado os locais que eu trabalhei para me ensinar, me amadurecer e isso ainda não terminou. Cada dia Ele eleva um grau, cada emprego que eu entro tem sempre uma coisa nova que Deus trata em mim, e eu aprendo mais também. Tolerância, submissão, obediência, respeito, valorizar pessoas independente dos cargos que ocupam,da cor de pele que tenham, da opção sexual ou da crença que podem ter tudo isso Deus ensina.

Fazem mais ou menos 7 anos que eu tenho ouvido muitas pessoas me dizerem: Sê fiel sobre o pouco e Deus vai te colocar sobre o muito. Uma coisa é você ouvir isso e outra é esse dia chegar, entre eles tem longos anos que me servirão de trajeto e a minha paciência e fé foram testadas (e muito testadas mesmo) quase à exaustão. Eu comecei a procurar emprego aos 17 anos, quando a minha mãe imprimiu uns currículos meus colocou-os numa pasta dessas de acrílico e me disse: AGORA VAI PROCURAR TRABALHO, VOCÊ TEM QUE TRABALHAR! Desde então eu nunca me esqueci desse dia, foi num ato como esse que não partiu só da minha mãe mas de Deus, que a minha vida profissional e todo esse processo começaram.E começaram as entrevistas com as dinâmicas de grupos, as redações, o fale um pouco sobre você (quem que gosta dessa parte chatinha? eu nunca!) os temíveis testes de matemática que eu nunca fugia e as avaliações psicológicas que eu fiz muitas diferentes diversas, repetidas vezes. Antes de começar a procurar emprego não tinha costume de andar pela cidade e nem sozinha, mas as entrevistas me ensinaram e obrigaram a conhecer as diferentes regiões da cidade e ultrapassar distâncias sem nenhum medo. Elas eram ao mesmo tempo exercícios físicos e um passeio turístico pela minha própria cidade São Paulo, essa mistureba de gente que vive nessa selva de pedra encantadora.

Muiats entrevistas deram errado, entrei e saí de alguns empregos, mas a mão de Deus estava sempre comigo, as oportunidades de emprego nunca, jamais me faltaram. Ele viu e me recompensou por todos esforço e disposição ao longo desses anos. Por sso eu sempre digo que eu não procuro mais emprego, mas sim o emprego é que me procura. E verdadeiramnte assim tem sido, Ele é pra sempre Fiel!
Deus me colocou pra trabalhar na Universidade, me deu um curso de graça, novos amigos, novas experiências e muita coisa pra aprender. Aprender nunca tem fim, agora eu sei que não tem mesmo. Comecei o curso de Jornalismo, e eu que achava que nunca faria uma graduação, porque eu não tinha (e ainda não tenho) condições financeiras. Mas Deus é dono de todo ouro e prata e a porta que Ele abre ninguém fecha e agora já estou no meu TCC! Aleluia! Eu sempre gostei de escrever enquanto muitos tinham pavor, eu tinha disposição e facilidade. Durante o 6 semestre do curso Deus, reacendeu essa paixão que eu tinha por escrever, que estava meio adormecida. Eu sentei na mesa, abri a internet e fiz um blog com um nome dado por Deus" O Cálice e o Perfume" Adoração através de palavras, mensagens e poesia baseadas na Bíblia e nas coisas do Reino de Deus, levando Jesus como o cálice único da salvação que leva à vida eterna.

Então comecei a escrever sobre Deus, sobre as coisas do Reino em julho de 2011 foi a minha primeira postagem e depois começaram a vir os poemas, aí nunca mais parou. Tudo isso para glorificar o santo nome de Deus. As pessoas acessam o meu blog, gostam, comentam, se identificam, são edificadas e abençoadas. Assim a Palavra de Salvação vai sendo proclamada aos quatro ventos, as pessoas são alcançadas, são livres e Deus se alegra com isso certamente.
Sinceramente eu nem penso em seguir carreira jornalistica, não tenho muita vontade mais. Se eu apenas ficar com o meu blog e fazer poemas de adoração a Deus, eu já estarei satisfeita e me bastará isso somente.

O meu diploma em jornalismo vai ser um passaporte para coisas maiores que Deus ainda tem pra mim e para a expansão do Reino e do Evangelho verdadeiro sem máscara e sem frescura. Um pouco da minha história foi formada na Anhembi Morumbi, nas salas de aula, nas provas na maioria tão difíceis, nos trabalhos em grupo, nos colegas de sala, nos amigos que se firmaram lá. E também enquanto fui funcionária na recepção do campus centro, onde fiquei amiga de muitos alunos e dos meus professores e de professores que nem me deram aula. Nos dias em que fui telefonista no campus do Vale do Anhangabaú, quando eu aprendi a ouvir os alunos seus elogios e suas reclamações, mesmo quando alguns faziam dos meus ouvidos pinico hahahaha.

Sentirei saudades desses dias, inesqueciveis dias. E dos meus queridos professores: Fabia Angélica Dejavite, Cladia Cruz Ld, Laerte Fernandes, Luiz Vicente, Alexandre Posendoro, Danil Petrow e Suely Maciel nunca m,e esquecerei e de todos vocês sentirei mais saudades. Da minha sala também sentirei saudades e eu espero que eles aproveitem bem a formatura. Eu desejo que eles todos sem exceção, bons e excelentes profissionais e que a gente continue se falando. Escrevi tão pouquinho né? Muita história pra contar nesses 14 anos servindo a Deus.Esse foi um testemunho da minha vida profissional, de como Deus fez comigo até aqui. E não tem fim, continua....

Santifica-me

Na minha multidão de pecados
minha mente se perde, meu corpo escorre.

Desesperadamente tento achar uma saída
eu corre sem saber pra onde. Afinal, onde estou?
O tempo parece lutar contra a minha vontade
tamparam minha boca, ataram-me os pés.

Mas os meus olhos ainda querem ver a Tua Glória
eles desejam ser cegos para as coisas deste mundo.
E contemplar as obras celestiais que Fizeste
para Sempre!

Então reflete sobre mim o brilho da Tua Luz
lava a minha alma com o Teu Sangue
esquecendo de vez a minha iniquidade.

Para que eu seja mais branco que a neve
e que como o ouro que ofusca,
que possam ver em mim a Tua Santidade.


 

Sem controle

Tempestades, trovões, furacões e ventanias me cercam As folhas caem junto com os ponteiros dos relógios Passa tudo tão rápido que não se ...